O WOMEX 21, que decorrerá no Porto de 27 a 31 de outubro, vai apresentar uma seleção de 24 documentários musicais, incluindo novos lançamentos, pré-visualizações e estreias internacionais. No programa destacam-se ainda palestras, conferências e workshops com foco na inspiração, colaboração e reconstrução, rumo a um futuro mais robusto para a indústria musical.

 

Pela primeira vez no nosso país, o WOMEX 21 terá também um programa de filmes, dividido em dois espaços da feira que será instalada na Alfândega do Porto: o Film Room e a Film Library. Durante o evento, à noite, haverá sessões no Cinema Passos Manuel.


Da programação fazem parte várias propostas, com destaque para “Moon at Noon”, uma performance de cinema ao vivo, de uma hora, em que o cineasta Vincent Moon apresenta uma seleção das suas próprias gravações musicais em todo o mundo, e “O Princípio, o Meio, o Fim e o Infinito”, de Pedro Coquenão, retrato de dois seres de um tempo e um espaço distantes, com conversas sobre temas fundamentais como água, mobilidade, comércio justo, saúde mental e cumplicidade, em gravações feitas por Hugh Tracey na Angola dos anos 1950.


Nota também para “Aquilo que eu nunca perdi”, de Marina Thomé, sobre a história de Alzira E, artista pioneira de uma pequena cidade próxima do Pantanal brasileiro, uma mulher à frente de seu tempo, líder de uma banda de rock aos 63 anos. Ou ainda “Moonscape”, de Mona Benyamin, sobre a história de Dennis M. Hope, que reivindicou a propriedade da lua e fundou a Lunar Embassy, uma empresa que vende terras em corpos celestes.


Todas as propostas cinematográficas estão disponíveis para consulta na página do WOMEX.

 


Convidados para conferências


Outro dos destaques da primeira edição do WOMEX em Portugal é um ciclo de palestras e conferências. Mais de 70 palestrantes participam em 18 conferências e também em dez sessões de networking e três associated presentations. Consigo trazem conhecimentos – sobre sustentabilidade, financiamento criativo e artístico, sincronização musical, música e cultura indígenas – que partilharão em encontros especializados ao longo dos cinco dias da iniciativa.

 

Dos nomes já confirmados, nota para as intervenções de Boima Tucker (Africa Is a Country), Gwendolenn Sharp, (The Green Room), Katharina Weinert (European Music Council), Lisa Whytock (Global Music Match), Nuno Saraiva (Why Portugal), Ouafa Belgacem (CFW), Paige Collings (Freemuse), Philip Kueppers (Goethe-Institut), Sonya Mazumdar (EarthSync), Sara Machado (Creative Europe Desk Portugal), entre muitos outros.

 

A lista de todos os participantes pode ser consultada na secção de conferências da página do WOMEX.



Horário:

- 27 de outubro: 14h às 18h

- 28 a 31 de outubro: 10h às 18h

Mais artigos

  • Ágora - Cultura e Desporto do Porto


    Atualizado pela última vez 2021-09-23